fbpx

9 Motivos para ter Solicitação de empréstimo negado

Propaganda
82 / 100

A busca por um empréstimo pode ser necessária em alguns momento de nossa vida, e isso é normal! Entretanto, antes de fazer uma solicitação de empréstimo, será necessário analisar toda a sua saúde financeira, para que não tenha o empréstimo negado.

Logo após a analise, se você ainda achar necessário um empréstimo, você deverá solicita-lo com alguns cuidados. Em muitos casos (quando não é verificado a situação financeira antes de solicitar o serviços) esse serviço é recusado.

Lembre-se que um empréstimo deverá ser pago, e o atraso do mesmo, acumula juros de 8,14%. Portanto, como mecanismo de defesa, empresas fazem uma grande análise, para garantir que será paga. Caso o contrário, os juros irão correr, dificultando ainda mais o pagamento do serviço.

Portanto, antes de fazer uma solicitação de empréstimo, será necessário levar em consideração alguns pontos. Sendo eles:

Porque tive minha solicitação de empréstimo negado?

Direito do Consumidor

Primeiramente, saiba que todo banco é obrigado a mostrar ao solicitante o porque de seu empréstimo negado. Pelo fato de serem infinitos os motivos possíveis, é de total responsabilidade do banco esclarecer o porque da recusa.

Desta forma o solicitante poderá rever sua situação financeira e regulariza-la. Caso o banco recuse esse informação, você poderá recorrer ao órgão de defesa ou a um advogado.

1. Solicitação de empréstimo negado por “Cadastro Incorreto”

Antes de qualquer coisa, se a sua solicitação foi recusada, você deverá verificar os seus dados cadastrados. Caso algum dado esteja incorreto, você poderá ser negado.

Portanto, verifique corretamente todos os seus dados ao preencher e revise. Não esqueça de atualizar todos os seus dados, para ter certeza que ainda estão corretos.

RG, CPF, comprovante de renda, endereço e dados bancários são os dados que serão necessários para essa solicitação. Se os dados estiverem corretos, e mesmo assim você esteja sendo recusado, o problema provavelmente será outro.

2. Solicitação de empréstimo negado por “Nome Sujo”

O problema mais comum que ocorre nas solicitações de empréstimo negado deve ser esse! Se acaso você tenha um divida pendente, que você não conseguiu pagar, o mesmo poderá sujar o seu nome.

Com o nome sujo, você será recusado para qualquer solicitação de crédito. Em resumo, antes de conceder um empréstimo, a instituição financeira irá analisar todos os seus dados. Desse modo, se você tiver uma divida em aberto, irá abrir a suspeita de que não irá pagar o empréstimo.

Assim sendo, o banco como uma forma de se proteger de um mal pagador, irá negar a sua solicitação.

Lembre-se que empréstimos correm juros enormes, portanto, o não pagamento do mesmo, irá acarretar em uma divida em bola de neve. Portanto, ser recusado por esse motivo, acaba sendo a melhor opção consciente para ambos os lados.

Para saber como consultar se seu nome está sujo acesse o site do SERASA.

3.Solicitação de empréstimo negado por “Indisciplina Financeira”

Esse ponto deve ser provavelmente o mais importante! Antes de conceder o empréstimo, a instituição irá olhar o seu histórico de pagamento. Em outras palavras, a instituição financeira irá analisar se você atrasa muito as suas contas, se faz muitas negociações para o pagamento de dividas e etc.

Desta forma a instituição irá determinar se você terá chances ou a intenção de pagar o serviço. Além disso o banco poderá fazer um balanço das chances de ser pago pelo solicitador.

Pessoas com um bom histórico financeiro terá maiores chances na solicitação de qualquer crédito. Portanto analise seu histórico de pagamento e sua indisciplina financeira antes de solicitar o serviço.

Propaganda

5. Comprovação de renda

Quando você realizar a solicitação de empréstimo, será necessário comprovar uma renda. Essa renda, será uns dos fatores decisivo para aprovação do serviço.

Com a sua renda, será possível calcular as suas chances de pagamento do serviço solicitado. Portanto garanta que esse documento esteja atualizado e correto, pois o mesmo que irá determinar a sua chance de quitação do empréstimo.

Em alguns casos, o valor da sua renda pode facilitar e muito na sua solicitação, mas tudo dependerá da sua renda o do valor solicitado.

6. Perfil do consumidor

Além de todos esses outros fatores, um dos que podem influenciar bastante é o seu perfil! Se você é uma pessoa casada, com filhos, com coisas que te prendam no país e demonstrem responsabilidades, você terá maiores chances.

Isso ocorre, pois o banco analisa toda a sua situação, e eles são compreensíveis algumas vezes. Portanto ao ver esses gastos a mais, e as responsabilidades que o individuo possui, ele poderá facilitar o seu empréstimo.

Além disso, funcionários autônomos que não possuem uma renda fixa, podem ter bastante dificuldade nesta parte da solicitação. Por outro lado, servidores públicos, que possuem uma segurança extra, poderá ter mais facilidade.

Outros pontos como a idade do solicitante, saúde e outros aspectos também podem acarretar bastante na solicitação.

7. Fiador ou avalista

Antes de solicitar um empréstimo, por mais enroscado financeiramente que você esteja, se você possuir um bom fiador, você terá chances.

O fiador ou avalista, são pessoas que garantirão ao banco a quitação do empréstimo e assim diminuindo as chances do empréstimo negado. Portanto se a sua condição não é a das melhores, procure uma pessoa que possui condições melhores para realizar a solicitação desse crédito.

Desta forma, não só você como o seu fiador ficarão responsáveis pelo pagamento do serviço, garantindo ainda mais confiança para o banco.

8. valor do empréstimo

Este aspecto é o mais importante, pois todas as analises serão feitas em cima deste valor. Portanto, se as parcelas do empréstimo forem menores do que 15% do valor da sua renda, você terá ainda mais chances de conseguir o mesmo.

Por outro lado, quanto maior o valor do empréstimo e das parcelas em cima de sua renda, maiores as chances de recusa do banco. Além disso a quantia das parcelas, também serão levadas em consideração.

9. Situação Econômica

Este problema impacta a todos no país, e com o banco não seria diferente. Com os problemas financeiros que o nosso país se encontra, o impacto será sentido na solicitação de crédito.

Assim sendo, ao solicitar este serviço, será necessário a analise do cenário econômico do país. Quanto maior os problemas econômicos, menores as chances na solicitação de crédito.

Este aspectos atingem muitos lados, onde será necessário para o banco analisar o risco de desemprego, números de inadimplências e etc.

Veja os tipos de empréstimos disponíveis no mercado clicando aqui.

Propaganda