fbpx

Casa: 11 passos pra você conseguir comprar a sua

Propaganda
85 / 100

A maioria das pessoas sonham em conquistar a sua casa própria, contudo esse bem é muito caro e requer muita atenção. Além disso é necessário muito planejamento, não só financeiro, mas profissional e pessoal.

Pensando nisso iremos te orientar com algumas dicas, para que você tenha mais noção de quando deverá comprar a sua casa própria. Contudo lembre-se que o mundo tem várias oportunidades e você que deverá analisar o melhor momento para você.

Entretanto existem algumas precauções que podem ser tomadas para que assim você não se enrosque com seu novo patrimônio. Portanto antes de comprar a sua casa própria avalie se você está nas seguintes situações:

1. Tenho dívidas que preciso quitar antes de comprar minha casa própria?

Se você possuí dividas pendentes, principalmente de alto custo é melhor atentar-se. O ideal é que as parcelas do imóvel consumam cerca de 30% de sua renda. Contudo na maioria dos casos o mesmo acaba consumindo mais que o valor sugerido.

Desta forma se você ainda possuir dividas pendentes o seu salário não irá dar conta, e assim você correrá o risco de ficar inadimplente em alguma área. O ideal é que você não tenha mais nenhuma outra divida para que assim você tenha uma renda melhor para quitar sua casa própria

2. Tenho estabilidade no meu emprego?

Você deverá ter uma certa estabilidade em sua renda para adquirir esse tipo de bem. Desta forma espere pelo momento onde você sabe que tem maiores chances de se manter no emprego.

Desta forma você evitará ser demitido e possuir uma divida enorme para pagar. Além disso possuímos dividas diárias que acabam por esgotar nossa renda mensal. Assim não ter um emprego estável poderá complicar muito a sua situação referente a dívida.

3. Possuo um valor para dar de entrada na minha casa própria?

Esse é um dos pontos mais importantes! É crucial que você possua um valor de ao menos 60% em cima do valor do imóvel para dar de entrada. Assim você evitará parcelas enormes que possuem acréscimo de juros.

Além disso dar esta entrada irá lhe trazer maior segurança onde as chances de você completar a compra será muito maior. Ainda mais, quanto maior for o valor da sua entrada maiores serão a chances de conseguir descontos na casa própria.

4. Sou disciplinado o suficiente para guardar dinheiro?

Para comprar a sua casa própria é de total importância que você tenha uma boa saúde financeira. Assim você deverá se programar anos de antecedência, juntar dinheiro e fazer calculo de todos seus gastos.

Desta forma ficará muito mais desenhado e programado os passos que você terá que tomar. Assim, você estará preparado para imprevistos e terá uma renda melhor acumulada.

Ainda mais, você precisará comprar móveis e várias outras coisas para que seu lar seja habitável. Portanto a disciplina financeira irá lhe preparar para toda a experiência onde será mais benéfica.

5. Ganho o suficiente para pagar as parcelas do financiamento da minha casa própria?

Depois de juntar um dinheiro para a entrada, e fazer o calculo das parcelas, você deverá analisar se a mesma cabe em seu bolso. Desta forma tenha em mente que as parcelas devem no máximo cobrir 30% de sua renda total.

Este valor garante que você conseguirá pagar a dívida até o fim. Dívidas com parcelas superiores a 40% do salário de trabalhadores, possuem maiores chances de não serem pagas.

Além disso você deverá sempre levar em consideração os outros gastos necessário na sua renda. Desta forma você saberá se orientar melhor sobre quanto poderá pagar mensalmente pelo bem.

6. Já tenho reservas para pagar custos extras (documentação)?

Além de toda essa grana que você terá que juntar, você ainda deverá acumular um valore extra. Esse valor será necessário em imprevistos que irão aparecer. São documentos que precisam ser pagos, reforma, compra de móveis ou eletrônicos, alimentação e etc.

Propaganda

Tudo pode acontecer e você deverá ter orçamento para arcar com esses custos. Assim você evitará ficar com pendências, ou com problemas futuros que darão maiores dores de cabeça.

7. Tenho certeza que desejo me fixar na cidade onde pretendo comprar o imóvel?

Ao comprar a sua casa, você deverá optar pela a própria residência, mas também a sua localização. Portanto analise friamente se você deseja morar a onde encontrou uma residência.

Desta maneira de preferência a residências perto do trabalho, família, amigos ou escola. Assim você terá maiores chances de economizar com transporte e tempo de trajeto.

Além disso analise se a área é perigosa e se o mesmo necessitará de reformas para portão elétrico, câmeras e etc.

Você ficará com essa casa provavelmente por muitos anos, e é fundamental que você pense em tudo. Assim você evita arrependimentos ou problemas futuros.

8. O tamanho da casa própria que desejo combina com o meu salário e estilo de vida?

Ao comprar um bem devemos estar totalmente satisfeito com ele, caso contrário é dinheiro mal investido. Desta forma analise se a casa é exatamente do jeito que você deseja.

Analise a quantia de quartos, o espaço que cada um tem, conforto da casa, vista e etc. A casa deve atender muitas de suas expectativas, contudo você deve ser realista com as suas economias.

Lembre-se também de pensar a longo prazo, onde você se vê daqui 5 anos, casado? Com filhos? Enfim, são muitos pontos que devem ser pensados e a casa deve atender a maioria deles.

9. Está na hora certa ou devo esperar?

Está com o valor mínimo exato, contudo não sabe se é melhor esperar? Bom, isso dependerá da casa e da sua necessidade. Portanto se você ainda não encontrou a casa perfeita, você pode esperar mais um pouco.

Lembre-se que essa compra é muito cara e de extrema importância, portanto faça só quando tiver certeza. Contudo lembre-se de todos os valores adicionais, imprevistos e problemas que podem acontecer.

Desta forma você saberá distinguir se é o momento certo ou não para comprar sua casa própria.

10. Financiamento

Além do dinheiro acumulado para a entrada do bem, caso você tenha trabalhado através de CLT você poderá resgatar o FGTS. Desta forma você terá um dinheiro a mais para gastar no seu bem.

O FGTS é um benefício que todas as empresas devem pagar a funcionário, por fim esse dinheiro serve para o funcionário comprar seus bens. Para isso será necessário que você vá até uma Caixa Econômica e solicite o benefício.

Além disso, na maioria dos casos é para conseguir o financiamento é necessário que você possua um fiador para a compra. Essa pessoa deve possuir um patrimônio próprio para colocar como garantia do pagamento.

11. Empréstimo

Não é aconselhável que você faça um empréstimo para o pagamento da sua casa própria. Contudo não sabemos de sua necessidade, e isso pode ser muito importante. Entretanto será necessário redobrar a atenção, pois o juros de empréstimo de valores altos, possuem taxas de juros enormes.

Neste caso você acabará pagando um valor muito além do que a casa realmente vale.

Propaganda